B&R Logo
  • Website
  • Número do Modelo
  • Número de Série
Login
Logado como LoginSair
Carregando...
Siga-nos:

Programação

A arquitetura modular e a estrutura do ambiente de programação suportam o fluxo de trabalho diário de programação, e permitem aos seus desenvolvedores mais capacidades para as competências essencias da máquina. As linguagens integradas e padronizadas IEC 61131-3 e a perfeita integração da linguagem ANSI C no mundo IEC, garantem que novos usuários vão se sentir em casa. Outras características integradas como Smart Edit e marcadores de edição tornam a operação mais fácil, enquanto, ao mesmo tempo, aumentam a produtividade.

Todas as linguagens podem acessar os mesmos tipos de dados e usar as mesmas bibliotécas e variáveis. Além disso, o Automation Studio suporta uma programação simples e segura.

Programação simples e completa através de

  • arquitetura modular e estruturação de subprogramas em tarefas com diferentes prioridades
  • Estruturação de subprogramas em rotinas de inicialização e cíclica, cada uma com uma linguagem de programação diferente
  • Estruturação de subprograms usando ações IEC em todas as linguagens IEC, e em Automation Basic
  • Divisão entre variáveis globais e locais
  • Possível combinação de qualquer linguagem no projeto e nas mesmas classes de tempo
  • Dependências com hardware e bibliotecas gerenciadas pela Automation Studio
  • Linguagens IEC 61131-3 integradas, CFC e ANSI C
  • AS bibliotecas podem ser implementadas em qualquer linguagem - IEC
  • Bibliotecas padrão
  • Bibliotecas B&R expandidas

Confortável utilização de funções dentro das linguagens de programação

  • Operação conveniente durante a programação - Smart Edit
  • Inserindo e definindo variáveis de processo
  • Inserindo e chamando funções e blocos de funções
  • Ajuda dependente de contexto para linguagens de programação e blocos de funções
  • Funções de busca e substituição repetidas para todo o projeto
  • Marcadores em arquivos para marcação de funções e linhas
  • Funções online poderosas
  • Monitoração de variáveis para simples e complexos tipos de dados
  • Valores inválidos exibidos no modo de monitoração
  • Alterar e substituir variáveis ​​com simples e complexos tipos de dados
  • Cobertura de Linha para linguagens baseadas em texto e análise de Fluxo de Energia para linguagens baseadas em gráficos
  • Osciloscópio de variáveis integrado, com condições de revisão e disparo
  • Depuração com pontos de parada (breakpoints), passo a passo, contadores cíclicos e árvore de chamadas

C++

Através da instalação do pacote opcional C++, o Automation Studio 3.0 permite a desenvolvedores a programar também em C++. As seguintes funções estão então disponíveis como resultado da integração de C++:

  • Sintaxe de acordo com o padrão ANSI C++
  • Funcionalidade POO (Programação Orientada ao Objeto), tais como construtores, destruidores, cópia de construtores, múltiplos ramos, classes de objetos estáticos, etc
  • Preprocessor (substituição de caracteres, compilação condicional)
  • Suporte a Biblioteca Padrão de Gabaritos (STL - Standard Template Library)
  • Programas de CLP cíclicos com elementos de programa _INIT, _CYCLIC e _EXIT
  • Acesso a variáveis de CLP clássicas (_GOBAL, _LOCAL) e ao I/O de CLP
  • Uso de todas as bibliotecas de Automation Runtime (funções e blocos de funções)
  • cin/cout/printf suportados com console "telnet"
  • Manipulação de exceções (métodos try/catch, espaços em nomes (prevenção de conflitos de nomeação)
  • Modelos (estrutura de trabalho de programa para a programação genérica)
  • Identificação de tipos em Runtime (RTTI)

IEC 61131-3 - LD (Diagrama Ladder)

A linguagem de programação de Diagramas Ladder - LD (em acordo com o padrão IEC DIN EN 61131-3) é baseada na representação de diagramas de circuitos. Símbolos familiares são usados ​​para a programação, tais como contatos normalmente abertos e normalmente fechados, bobinas e lâmpadas.

Esses então são combinados em redes para a formação de estruturas lógicas

O Diagrama Ladder também permite a você a integração de blocos de funções.

IEC 61131-3 - FBD (Diagrama de Bloco de Função)

Esta linguagem de programação gráfica usa os símbolos lógicos da álgebra booleana.

É particularmente adequada para a ligação de controles, uma vez que torna a lógica da programação fácil de compreender.

IEC 61131-3 - IL (Lista de instruções)

IL é uma linguagem em conformidade com as normas IEC que pode ser encontrada em quase todos os controladores hoje. Essa linguagem pode ser comparada com a programação em linguagens assembler.

  • Linguagem de programação orientada ao comando, e relacionada a máquina
  • Utilizada para a formulação de curtas seções de programa com funções lógicas

Automation Basic

Automation Basic é uma linguagem de programação de alto nível similar a Texto Estruturado - ST

Esta linguagem é bem adequada para usuários que desejam usar uma linguagem muito fácil-de-aprender, mas não querem perder os benefícios de linguagens de alto nível, tais como estruturas, endereços e ponteiros.

IEC 61131-3 - SFC (Gráfico de Funções Sequenciais)

SFC é uma linguagem baseada em gráficos que ilustra claramente sequências de controle. É adequada para ambos procedimentos orientados ao tempo e orientados a eventos.

O Gráfico de Funções Sequenciais consiste em uma cadeia de passos de controle que são ligados por condições de comutação.

IEC 61131-3 - ST (Texto Estruturado)

ST é uma linguagem de alto nível, seguindo o exemplo de Pascal, para a programação estruturada. Comparável com a B&R Automation Basic, está é a mais utilizada das linguagens IEC 61131-3.

CFC (Gráfico de Funções Contínua)

CFC é uma linguagem similar a FBD. Equanto os editores FBD são orientados a rede e organizam os blocos automaticamente, em CFC os blocos podem ser dispersados livremente sobre a tela. Laços de Feedback podem ser criados sem o auxílio de variáveis temporárias.

Esta linguagem é especialmente adequada para apresentação de uma visão geral de uma aplicação.

ANSI C

ANSI C é uma poderas linguagem para a programação de aplicações e bibliotecas.

ANSI C permite aos usuários chamar blocos de funções e acessar variáveis de outras linguagens IEC. Ao integrar o compilador GNU, um dos mais amplamente utilizados compiladores C foi disponibilizado. Isto garante a portabilidade, bem como um número quase ilimitado de algoritmos e programas já disponíveis.

Ejemplo
Share
This site uses cookies to enable a better customer experience. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Please find more information about cookies in our Data privacy statement.